Curiosidades

Conheça alguns dos livros de Stephen Hawking que foram escritos durante seus 76 anos de vida

Imagem de destaque do post Conheça alguns dos livros de Stephen Hawking que foram escritos durante seus 76 anos de vida

Conhecido como físico responsável por ser um marco na ciência moderna, o cientista deixou mais de 20 livros Stephen Hawking publicados e, ainda, ensaios que trataram sobre as teorias que foram capazes de revolucionar a história da cosmologia. Saiba Mais!

Conhecido como físico responsável por ser um marco na ciência moderna, o cientista deixou mais de 20 livros Stephen Hawking publicados e, ainda, ensaios que trataram sobre as teorias que foram capazes de revolucionar a história da cosmologia.

Neste post, falaremos sobre alguns dos livros stephen Hawking e do filme chamado de “A Teoria de Tudo”.

“Uma Breve História do Tempo: do Bing Bang aos Buracos Negros” foi o primeiro dos livros Stephen Hawking

Classificado como um dos livros Stephen Hawking mais famosos, o chamado “Uma Breve História do Tempo: do Bing Bang aos Buracos Negros” traz por meio de uma narrativa considerada simples e divertida todas as informações que se tem a cerca da origem do universo. Essa obra do cientista foi lançada pela primeira vez em 1988.

Hawking fala no livro sobre a física que está presente nas partículas chegando até a dinâmica que é capaz de controlar os tanto as galáxias quando os corpos celestes que estão presentes em todo o universo.

Ainda em “Uma Breve História do Tempo: do Bing Bang aos Buracos Negros”, o cientista questiona o surgimento do tempo, sua característica de finitude ou não, se dá para viajar entre as épocas e muitas outras questões.

Uma quarta dimensão espaço-temporal também é aborda além de explicação sobre a física teórica e as teorias modernos que tratam da cosmologia que incluem: buracos negros, teoria das cordas, o Bing Bang e as 4 forças chamadas de fundamentais.

“O Universo numa casca de Noz” é uma continuação da obra “Uma Breve História do Tempo: do Bing Bang aos Buracos Negros”

Considerado como uma extensão da obra “Uma Breve História do Tempo”, mais um dos livros stephen Hawking foi intitulado de “O Universo numa casca de Noz”.

As pessoas tiveram acesso a obra no ano de 2001 e puderam ver um livro mais profundo quando comparado ao primeiro, mas ainda assim fácil de ser compreendido por aqueles que não detém conhecimento da área.

O objetivo do autor é juntar a mecânica quântica com a relatividade geral proposta por Einstein de forma mais profunda do que foi percebido em “Uma Breve História do Tempo”.

Hawking disse que astrônomos e físicos até o final do século XX seriam capazes de unir em uma única teoria todos os fenômenos físicos que são conhecidos, porém isso ainda não aconteceu!

Dentre os livros Stephen Hawking está uma biografia que foi lançada em 2013

Mais um dos livros Stephen Hawking é o “Minha Breve História”. Esse exemplar é um livro que conta a biografia do cientista e foi publicado quando ele tinha 71 anos, no ano de 2013.

Nessa biografia, o autor narra desde sua infância que foi vivida em Londres, sua etapa escolar até a conquista do cargo de professor lucasiano na Universidade de Cambridge. Afinal, como ele foi sempre um aluno mediano, era impactante alguém como ele ocupar um cargo que tinha sido de homens como Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage.

Além disso, o cientista ainda explica como era sua vida, pois ele precisa lutar todos os dias com uma esclerosa lateral amiotrófica (ELA), doença neurodegenerativa, que foi descoberta quando ele tinha apenas 21 anos.

Sua expectativa de vida, após o diagnóstico da doença era de apenas dois anos, porém, ele conseguiu completar 76 anos.

Público infantil também ganhou livros Stephen Hawking

O público infantil também é contemplado com um dos livros Stephen Hawking. Em “George e o Segredo do Universo”, ele e Lucy, sua filha, falam para as crianças sobre as principais teorias cientificas que contam o surgimento do universo.

Personagens e aventuras ilustram temas complexos como as teorias sobre os buracos negros e as ideais de outros cientistas que foram usadas enquanto Hawking desenvolvia sua teoria.

“Caçador do tesouro cósmico” é mais um dos livros Stephen Hawking voltados ao público infantil. George é o personagem principal e marca presença nas duas obras. Porém, como caçador, sua missão é encontrar um tesouro cósmico contando com a ajuda de um computador.

Último dos livros Stephen Hawking ainda não foi lançado no Brasil

Computer Resources for People With Disabilities é mais dos livros Stephen Hawking, porém essa obra ainda não foi publicada no Brasil. O objetivo do autor é mostrar os benefícios que as tecnologias têm trazido as pessoas que precisam conviver com a deficiência e a partir delas, a interação tem sido facilitada.

Hawking fala com propriedade sobre esses benefícios, pois como sua doença neurodegenerativa avançou, ele precisou fazer uso de uma cadeira de rodas adaptada e mais um computador para que ele pudesse se comunicar com os demais.

Apesar de ter sido usado para confecção do filme, “A Teoria de Tudo” não é um dos livros Stephen Hawking

Para aqueles que acham que esse é mais um dos livros Stephen Hawking, “A Teoria de Tudo”, não foi escrito pelo cientista, mas sim por Jane Hawking que foi casada com ele ao longo de 30 anos.

Quem quer conhecer mais sobre a vida dele precisa ler esse livro, porém ele é mais romântico, pois mostra como o romance começou e a partir dele, a família e os filhos apareceram.

Vida amorosa e familiar de Stephen Hawking é retratada no filme “A Teoria de Tudo”

Foi inspirado no livrou que o filme “A Teoria de Tudo” foi feito. O longa recebeu indicação para o Oscar em cinco categorias que incluíram como melhor filme, melhor atriz, melhor ator, melhor trilha sonora e roteiro adaptado. No entanto, o único prêmio foi conseguido por Eddie Redmayne como melhor ator.

Aqueles que não tiveram a oportunidade de assistir ao filme, devem fazê-lo, pois Eddie Redmayne passa boa parte do filme sem falar, pois, a doença do personagem evoluiu, porém ele age de forma muito parecida com o cientista, devido ao emprego de trejeitos e a postura e o resultado visto no filme é quase de uma autobiografia.

Contudo, o filme não trata sobre o fato de Hawking não acreditar em Deus, pois o foco é contar a história de amor entre o cientista e Jane.

 

Mais de Curiosidades

Ver mais