Comportamento

Aprenda como se livrar das crenças limitantes e realize seus sonhos

Imagem de destaque do post Aprenda como se livrar das crenças limitantes e realize seus sonhos

Você sente que não consegue guiar sua vida? Fica perdido em suas decisões? Descubra aqui como se livrar das crenças limitantes!

Desde os primeiros anos de vida, todos os seres humanos são influenciados. De forma positiva ou negativa, não importa, sofremos influência, mas não apenas das pessoas como também das situações que somos submetidos todos os dias. Assim começam a se formar as chamadas crenças limitantes.

Em nossa mente, vão sendo formados modelos mentais e, ainda, formas de ver o mundo que nem sempre são a realidade. Diante desse quadro é que surgem as crenças limitantes.

O que são as crenças limitantes?

Podemos então definir as crenças limitantes como interpretações e pensamentos que as pessoas julgam como verdadeiro, mas apesar disso, eles não consistem em verdades absolutas ou são completamente falsos. O resultado disso é a dificuldade em conquistar uma vida melhor.

Quanto mais passamos por situações, a tendência é que nós, seres humanos, desenvolvamos uma imagem ruim a cerca tanto de nós como das demais pessoas que estão ao nosso redor.

A infância de alguns é marcado por isso, pois sempre ouviram do pai que ele ou ela seria incapaz ou sempre colocou o irmão ou irmã em um patamar de superioridade. Com isso, a pessoa fica com a autoestima baixa e não terá segurança ao fazer qualquer atividade.  

Ao longo da infância, submeter a criança a esse patrocínio classificado como negativo é muito ruim, pois os pais é que são suas principais referências e ao ver que ele não é bem avaliado, o crescimento dessa pessoa será marcado por ações e palavras ruins e que vão impactar negativamente a sua vida anos depois de terem sido proferidas.

O grande problema que envolve as crenças limitantes está no fato de que elas são criadas de uma maneira inconsciente e conforme o tempo vai passando, o ser humano não questiona ou pergunta o porque de tal ação e comportamento e não percebe o quanto essas ações negativas vão interferir em sua vida.

É importante salientar que as crenças limitas estão espalhadas nos mais diferentes setores da vida do ser humano e não estão presas a determinadas faixas etárias.

As crenças limitantes podem estar na área dos relacionamentos, na saúde, no âmbito pessoal e até profissional e quem sofre com elas precisa não só entender como também trabalhar e combater para se ver livre dessa situação e continuar crescendo.

Como acabar com crenças limitantes?

Quem quer se ver livre das crenças limitantes precisa, primeiramente, identificar quais são elas e, porque elas te impedem de agir. No entanto, não basta ter na cabeça, é preciso pegar um papel e anotar.

Se o problema da pessoa está no fato dela não ser capaz de conseguir alguma coisa que pode ser guardar dinheiro, economizar ou ter um relacionamento, aqui está sua crença limitante. Depois de identificar sua crença é hora de encontrar o que motivou esse comportamento.

Tendo identificado a causa da crença limitante, agora é chegado o momento de descobrir quais foram as situações vivenciadas que fizeram com que essa crença fosse desencadeada. Encontrar a causa é um meio muito eficaz para a pessoa, pois ela vai entender as emoções que a impedem de impulsionar a sua vida.

O encontro da causa é importante, pois não se restringe a analisar as situações por nós vivenciadas, mas para entender o que nos fez ter ideias confusas e para não mais justificar o nosso atual comportamento.

A ideia de encontrar a causa é importante para que o passado pare de ser culpado, o encontro servirá para manter a pessoa consciente da origem da instalação da crença e o que será preciso fazer para mudá-la.

Após ter encontrado a causa é hora de definir qual é o objetivo que você quer alcançar. As crenças limitantes brotam exatamente no momento em que a pessoa coloca um objetivo em mente e sem saber, ela mesma começa a se sabotar, pois se acha incapaz de alcançá-lo.

Isso, normalmente acontece com pessoas que não tem a capacidade de se controlar emocionalmente e afirmam não serem capazes de fazer alguma coisa ou não sabem como fazer. Não há como negar que quando pensamos que não somos capazes de fazer algo, acabamos por acreditar nessa inverdade.

Por isso, a definição de um objetivo específico será fundamental para que consigamos direcionar os nossos recursos e todo o potencial para o local em que queremos chegar, deixando para trás tudo aquilo que acreditamos, ainda que de forma equivocada, que não éramos capazes de conseguir.

Conseguindo vencer o terceiro passo, você já teve um grande avanço em sua vida, pois estará ainda que de forma gradualmente se desvencilhando das crenças limitantes.

Para continuar na luta, o quarto passo te encaminha a trocar a crença limitante por uma que te fortalece. É claro que isso não será muito fácil, pois infelizmente estão presos ao nosso passado e a mudança requer tempo e esforço, mas é você quem deve mudar, pois só assim conseguirá ter uma vida mais leve e próspera.

A Arte do Autodomínio Mental: acabe com suas crenças limitantes!

O grande e verdadeiro problema do ser humano está na dificuldade que ele tem de exercer controle sobre os pensamentos e a ausência desse domínio resulta em um impedimento, pois a pessoa não consegue agir.

É claro que não tem como evitar os pensamentos, sejam eles bons ou ruins, porém a sua capacidade de raciocínio tem relação direta com a sua capacidade de “domar” o seu ego e de pensar de maneira muito mais consciente.

Afinal, os pensamentos de baixa qualidade só trazem sentimentos ruins que vão acarretar em pensamentos negativos e a conclusão é um ser humano que sofre com a ansiedade e a depressão e a sua mente só é motivada pelo medo ao invés de sentir prazer.

Diante dessa situação, o que queremos propor para você é a arte do autodomínio mental, a arte de vencer as crenças que te limitam a ser quem você é, a ser quem você pode e quer ser.

Para isso, queremos te propor um projeto de aperfeiçoamento em busca da melhor versão de si mesmo. Ficou interessado em se ver livre das suas crenças limitantes? Então, venha saber mais sobre o Protagonista.

Mais de Comportamento

Ver mais