trailer de star wars vii
Saiu o primeiro trailer de Star Wars VII: The Force Awakens
28 de novembro de 2014
velocidade da luz
Qual a velocidade da luz?
16 de outubro de 2015

Stephen Hawking: Inteligência artificial pode causar o fim da humanidade

inteligencia artificial

Você está preparado para um futuro pós-apocalíptico digno dos filmes do Exterminador do Futuro? Se a visão do físico britânico Stephen Hawking se confirmar, é bom se preparar. Segundo ele, o desenvolvimento da inteligência artificial pode levar ao fim da raça humana. Isso não estaria muito perto de acontecer, no entanto, já que estamos em uma etapa incipiente do desenvolvimento de uma inteligência artificial real. Até o momento, o que a humanidade já criou provou ter utilidade, como ele próprio salienta.

Inteligência artificial e Stephen Hawking

O comentário foi feito quando ele foi questionado sobre a nova tecnologia que ele usa para auxiliar sua comunicação. O novo sistema da Intel usa a tecnologia do aplicativo SwiftKey, um teclado virtual que utiliza aprendizado de máquina, uma forma de inteligência artificial, para prever as próximas palavras do usuário com base na forma como ele digita, poupando esforço. Contudo, apesar de ver estas pequenas conquistas como vitórias, o futuro é mais nebuloso. “A inteligência artificial alçaria voo sozinha e se reinventaria sozinha em um ritmo cada vez mais rápido. Os humanos, que tem limitações por causa da lenta evolução biológica, não serão capazes de competir e serão superados”, afirma ele.

A opinião é forte e controversa, porém. Entusiastas da inteligência artificial como Rollo Carpenter, criador do Cleverbot, algoritmo feito para simular uma conversação com um humano que você pode testar neste link, prevê que a humanidade seguirá no controle da IA por um bom tempo.

“Creio que controlaremos a tecnologia por um longo tempo, e o potencial de resolver muitos dos problemas do mundo será concretizado”, afirma Carpenter. Ele crê diz que ainda estamos longe de ter o poder computacional necessário para criar uma inteligência artificial completa.

“Nós ainda não sabemos direitos o que acontecerá se uma máquina superar nossa própria inteligência, então não podemos saber se seremos ajudados por ela, ignorados, margnizalizados ou destruídos”, afirma ele.

Do lado de Hawking está Elon Musk, criador da Tesla Motors e investidor em inúmeros projetos futuristas. Para ele, a IA é “a maior ameaça à nossa existência”.

E você, de que lado está nessa discussão? Acredita que a Inteligência Artificial poderá dominar o mundo? Ou acha que nós, seres humanos, continuaremos sendo a espécie dominante do planeta por tempo indefinido?

Comente aqui embaixo!